quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Tchau, Marinor Brito

Depois dos embates na Justiça, que afastou Jader Barbalho da cadeira de Senador, ele deu a volta por cima e assumiu o posto ontem.

O único ponto positivo que eu vi na presença de Jader Barbalho ao Senado é que ele tirou de lá a sua suplente Marinor Brito, que usava o cargo para defender o PL 122/2006. Enquanto Senadora, ela se revelou uma grande defensora - sem papas na língua - dos ativistas gays. A turma GLBT está triste, perdeu uma guerreira que lutava contra os princípios cristãos na esfera do Poder Legislativo mais importante do Brasil. .
E.A.G.

Nenhum comentário: